+

30 junho 2005

Aquecimento Global

Bem a propósito da conversa que tivemos (eu, o Filipe, o Nuno e o Cláudio) durante o almoço de segunda-feira.
Saiu um artigo na Nature onde os investigadores defendem que a redução da poluição atmosférica pode aumentar o aquecimento global... ou seja, já passámos o "ponto de não retorno". :) Se aumentamos a poluição ficamos mal, se diminuirmos ainda pior. Não há volta a dar-lhe... e este estudo prevê aumentos ainda maiores (!) da temperatura do planeta por volta de 2100 do que os existentes até agora. Mas, tal como discutimos na altura, este é um problema com tantas variáveis que as previsões são apenas isso: previsões.
O acesso à Nature não é gratuito, mas aqui fica o link para o artigo do Público sobre o assunto


Verborreado por Alexandre Lindote às 12:14 |




29 junho 2005

Descartes

Não há
no mundo nada
mais bem
distribuído do que a
razão: até quem não tem tem
um pouquinho

Cacaso


Verborreado por nuno às 11:48 |




A gota

Queria partilhar convosco uma foto que tirei há umas semanas (depois de muitas tentativas frustradas, claro). Uma gota perdida numa mesa no fim do almoço...



Resta dizer que o almoço foi num fim de semana especialmente relaxante (aproveitando o feriado de 10 de Junho), passado em casa dos avós do Zé Pedro, na bonita aldeia de Reriz (concelho de Castro Daire, distrito de Viseu).


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:27 |




Acabou o anonimato

Como podem ver na barra lateral, já podemos conhecer um pouco acerca dos nossos visitantes. Para além do número de visitas, podemos também saber o país, sistema operativo e browser utilizados, etc. Para aceder a essa informação só têm de clicar em cima da número de bisbilhoteiros.


Verborreado por nuno às 11:21 |




28 junho 2005

LATE NIGHT BLOG 9

(...)

Mandei-lhe um recado pela Zefa do sete
pedindo e rogando de joelhos no chão
pela Senhora do Cabo, pela Sta. Efigénia
me desse a ventura do seu namoro
e ela disse que não.

Mandei à Vó Xica, quimbanda de fama
a areia da marca que o seu pé deixou
para que fizesse um feitiço bem forte e seguro
e dele nascesse um amor como o meu
e o feitiço falhou.

(...)

Tocaram a rumba e dancei com ela
e num passo maluco voamos na sala
qual uma estrela riscando o céu
e a malta gritou: "Aí Benjamim!"

Olhei-a nos olhos, sorriu para mim
pedi-lhe um beijo, la la la la la
e ela disse que sim
e ela disse que sim.

O Namoro - Viriato da Cruz / Fausto / Sérgio Godinho

*

Boa noite!


Verborreado por electrofracote às 01:05 |




27 junho 2005

(Fotos n)este template

Pessoal, está na hora de pormos alguma ordem nesta casa tão desarrumada...

Temos duas coisas muito importantes para decidir, apesar da segunda depender da primeira...

Assim, e mais importante que tudo, a pergunta que se impõe é: ficamos ou não com este template?
Acho que já fiz esta pergunta, mas muito pouca gente se dignou a comentar. Não se esqueçam que experimentámos umas dezenas de templates até chegarmos a este, e alguns eram bons e muita gente gostou deles. Assim, se acharem melhor, revemos os melhores e escolhemos um...

A segunda questão é se (caso decidamos ficar com este template) usamos as fotos a passar ou nem por isso. A minha opinião é que as fotos até são uma ideia engraçada por serem novidade, mas rapidamente deixarão de o ser e, tal como diz o nuno, ocupam muito CPU.

Quero toda a gente a comentar sobre estas perguntas até ao fim da semana, para termos uma decisão definitiva!


Verborreado por Alexandre Lindote às 18:24 |




Curso de mergulho CMAS P1



Se tudo correr bem, também eu vou poder visitar os peixes no seu habitat!


Verborreado por nuno às 16:24 |




postas...

posta
do Lat. posita
s. f.,
pedaço de peixe ou de carne;
naco, fatia, talhada;
estação de muda de cavalos, nas antigas diligências;
administração de correio;
correio;
fam.,
emprego rendoso;
ant.,
aposentadoria.

post
1 MAINLY UK (US USUALLY mail) letters and parcels that
are delivered to homes or places of work.
2 MAINLY UK (US USUALLY mail) the public system that
exists for the collecting and delivering of letters.
3 UK the time during the day when letters, etc. are
collected or delivered.


Verborreado por electrofracote às 15:44 |




Baía do Mexilhoeiro

vista geral:


Destas encadeei as quatro vias de grau IV (ou terei experimentado só três delas? já não me lembro...):


Depois passámos para outro sector onde, entre as vias 4, 5, 6 e 7 encadeei duas delas (também já não me lembro quais foram...), encadeei a 9 e trabalhei a 8 (que de facto é escorregadia...)


esta fica para depois :)


Verborreado por electrofracote às 10:34 |




23 junho 2005

Data and Monte Carlo

Para que não se diga que neste blog não se discutem temas sérios:

[...] The Monte Carlo simulation has became the major means of visualization of not only detector performance, but also physics phenomena. So far so good. But it often happens that the physics simulation provided by the Monte Carlo generators carry the authority of data itself. They look like data and feel like data, and if one is not careful they are accepted as if they were data.
[...] I am prepared to believe that the computer-literate generation [...] is in principle no less competent and, in fact, benefits relative to us in the older generation by having these marvelous tools. They do allow one to look at, indeed visualize, the problem in new ways. But I also fear a kind of "terminal illness", perhaps traceable to the influence of television at an early age. There the way one learns is simply to passively stare into a screen and wait for the thruth to be delivered. A number of physicists nowadays seem to just do this.

J. D. Bjorken (from a talk at the 75th anniversary celebration of the Max-Planck Institute of Physics, Munich, Germany, December 10th 1992. As quoted in Beam Line, Winter 1992, Vol. 22, nº 4)


Verborreado por nuno às 15:47 |




Ainda o template...

Para os mais distraídos: o template está diferente.
Agora:
- a barra lateral agora está sempre visível;
- os conteúdos da barrra foram alterados;
- os comentários já aparecem numa janela nova;
- para criarem novas "postas" podem usar o atalho Blogger da barra lateral;
- as datas, números de comentários, etc., foram traduzidas.

As imagens a andar são para alterar ou quiçá remover.

Digam o que querem alterar, mas sejam directos. Nada de "ah! e tal não" ou "porque não gosto". Só aceito (se o presidente deixar...) críticas do género "gostava que o fundo fosse amarelo florescente". Depois logo se vê se as implementamos...


Verborreado por electrofracote às 10:22 |




22 junho 2005

Template

Malta, estou farto de mudar de template e, sinceramente, os que ainda faltam experimentar são todos horríveis!

Está na altura de decidirmos se escolhemos um dos que já vimos, ou se ficamos com este e o personalizamos, como sugeriu o fracote... O que é que dizem?

Até lá ficamos com este... pelo menos é bastante funcional.


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:32 |




LATE NIGHT BLOG 8

(...)

I see you standing
Standing on your own
It's such a lonely place for you
For you to be
If you need a shoulder
Or if you need a friend
I'll bee here standing
Until the bitter end
No one needs the sorrow
No one needs the pain
I hate to see you
Walking out there
Out in the rain
So don't chastise me
Or think I, I mean you harm
Of those that take you
Leave you strung out
Much too far
Baby-yeah

Don't ever leave me
Say you'll always be there
All I ever wanted
Was for you
To know that I care

Rocket Queen

*

Boa noite!


Verborreado por electrofracote às 02:05 |




21 junho 2005

Consultório sentimental


Eu e o meu marido sempre nos demos bem. Recentemente começou a agir de modo estranho. Olha constantemente para mim, como se eu lhe fosse desconhecida e me quisesse conquistar, mas não quer fazer amor comigo e tranca-se durante muito tempo na casa de banho. Aqui há dias consegui espreitar pela fechadura e vi-o a masturbar-se com umas fotografias minhas. Tudo isto é muito confuso para mim, não o consigo perceber. Parece que o excito bastante, mas ele recusa-se mesmo a ter relações sexuais comigo. Que devo fazer?

Almerinda Flores, Carrazeda de Ansiães


E assim começa a nova rubrica do g17a que alguns de vós tanto pediram (espero que ainda se lembrem de tal facto e não me venham dizer que ando a baixar o nível do blog)... A nossa leitora fica à espera dos vossos conselhos.


Verborreado por electrofracote às 16:17 |




Volutpat Venenatis

Esta é a mais recente novidade da nossa fonte de templates...

Eu não gosto particularmente... mas o povo é que decide!

Ah, como este também não tem a barra de atalhos, usem este link para fazer novos posts...


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:22 |




Verão

Chegou o Verão!
Hoje é o dia mais longo do ano. Aproveitem-no (nem que seja para trabalhar, como é o meu caso....)


Verborreado por Su7 às 10:15 |




20 junho 2005

Fotos de Roma


Podem ser encontradas aqui!


Verborreado por nuno às 14:51 |




Arrastão, by Ricardo Araújo Pereira

Mais uma crónica fenomenal do Ricardo Araújo Pereira (Gato Fedorento) na Visão.
Desta vez sobre o arrastão na praia de Carcavelos... Começo a pensar se não vale a pena comprar a Visão só para ler a crónica dele.

Sigam este link e divirtam-se (se não tiverem uma coisa para ler pdf, azar! que raio de cientistas são vocês???)


Verborreado por Alexandre Lindote às 12:13 |




Mike

Quem não se lembra desta simpática personagem do "Monsters, Inc"?

Este template é dedicado especialmente à monja...

Vamos lá ver se ela hoje faz um post decente! :)


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:33 |




19 junho 2005

A primeira vez

Encontrei, na Reader's Digest deste mês, um episódio, supostamente verídico sobre um jovem cientista australiano na sua primeira conferência internacional.

"Jovem cientista, eis-me na minha primeira conferência internacional. O orador que me antecedia era claramente popular, com 150 pessoas amontoadas para ouvi-lo. Quando terminou, a pessoa que presidia à mesa apresentou-me.
Julguei que os detalhes biográficos que tinha fornecido soariam bastante impressionantes, até o homem ao meu lado me sussurrar:
- Acho que posso perder este tanso.
E, com isso, abandonou a sala de conferências, tal como a maior parte da audiência."



Verborreado por alphace às 19:47 |




17 junho 2005

post p melhorar a minha participação neste bloog...

...ja ta! Ehehhe!


Verborreado por Filipa Balau às 15:26 |




Memórias de Londres 2

Nestes dias quentes até sabe bem relembrar os dias frios que passei em Londres em Março... Até porque não estava assim tanto frio como isso. Como as casas são bem aquecidas, acaba por se passar bem menos frio do que aqui em Portugal. (Por falar nisto, sabiam que temos a mais alta taxa de mortes provocadas por frio da Europa? Isto para um país "semi-tropical" como gostamos de pensar que o nosso é, é bastante estranho... ;))

Estas fotos foram tiradas mesmo à saída do meu prédio, numa ruazinha calma perto do Imperial. A da esquerda corresponde à vista da esquerda, e a da direita à da direita (dah!!!). A do meio é do prédio onde fiquei (porta da esquerda). E sim, ainda estava a nevar em Março... :)



Verborreado por Alexandre Lindote às 12:16 |




Tabacco

Normalmente sou contra, mas no caso deste template abro uma excepção.
Gosto bastante... Claro que teria de levar algumas obras, para incluir a lista dos membros e dos últimos posts, mas nada que não se faça rapidamente! :)

Digam lá o que é que acham. Não façam como ontem... Nem um único comentário ao template!


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:25 |




(ainda) a propósito da Constituição Europeia

Embora não morra de amores pelo blog (e muito menos pelo seu autor), recomendo-vos este post:
Em 448 artigos e 852 páginas de Constituição Europeia, a palavra “concorrência” aparece 33 vezes, a palavra “fraternidade” nenhuma, “Banco” 186, “mercado” 88, “capitais” 23, “serviço público” duas vezes.
Se seguirem o link vão encontrar comentários que farão as delícias de todos os que gostam de ser do contra (sim, electrofracote, é a ti que me refiro!).


Verborreado por nuno às 10:21 |




16 junho 2005

Estatísticas





As estatísticas agora são feitas por semanas e dadas em GeV... Vou tentar melhor o aspecto do gráfico, mas por enquanto fica assim. Ah, cliquem nas imagens se não conseguirem ler os valores!


Verborreado por electrofracote às 16:38 |




Receitas do Alex - Sopa de Legumes

Volto hoje à carga com mais uma receita caseira.
Esta é uma coisa que talvez todos saibam fazer, mas de qualquer maneira, aqui fica a minha versão:

Ingredientes:

Preparação:
Põe-se uma panela de tamanho razoável com água a aquecer e junta-se o sal (é melhor ser pouca água e pouco sal, porque isso pode ser acertado mais tarde. Mas também não se ponham a cozer os vegetais em seco! :)) Vejam a imagem e aprendam!

Enquanto a água aquece, vão-se divertindo a descascar e a cortar os vegetais em pedaços. Convém começarem a por na panela os que custam mais a cozinhar, mas isso também não é determinante...

Depois de estar "tudo lá dentro" é só esperar que cozam (vão picando as cenouras de tempos a tempos com um garfo. Normalmente é o que demora mais...). Aproveitem este tempo para cortar/lavar o feijão verde (também funciona com outras coisas, se quiserem: ervilhas, agriões, couve, couve-branca, etc.). Quando acharem que já estão no ponto, toca a moe-los com a varinha mágica. Nesta altura adiciona-se um bocadinho (pequenino) de azeite e pimenta, e pode-se acertar o sal e a água. E pronto, está feito o caldo!

Agora é só juntar o feijão verde e esperar que coza. Nesta altura é importante mexer regularmente, porque é muito fácil começar a pegar junto ao fundo.
Quando o feijão estiver cozido podem desligar o fogão e pronto! está feita a sopa (nesta altura ainda podem acertar os temperos, se quiserem, e mesmo a água).
Agora é só servir e saborear (cuidado com as queimadelas na língua!...) :)


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:57 |




Comments are working

Deu algum trabalho, mas já temos os comentários a funcionar...
E, melhor ainda, estão a funcionar à moda antiga! Aquela que toda a gente gostava! :)

Agora toca a postar!


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:36 |




Twins

Agora vamos passar por uma onda Matrix.
Vai de certeza fazer as delicias de alguns. De outros nem tanto... mas a vida é assim!

Os comentários ainda não estão a funcionar bem (este template nem sequer suportava comentários...).
Estou a tratar disso!


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:01 |




15 junho 2005

Identificação dos Posts

Como podem reparar, já temos a identificação do autor de cada post.
Eu e o meu fiel assistente introduzimos esse campo antes da data do post, mas se quiseresm noutro sítio (e.g., antes do link para os comentários), também se pode mudar facilmente.
Digam de vossa justiça!


Verborreado por Alexandre Lindote às 14:19 |




New One

Este é o novo template, e o seu nome é mesmo "New One"...

Mais uma vez, olhem mais para a parte gráfica e menos para a falta dos elementos a que estávamos habituados... Isso terá de ser feito à lá main se um destes for escolhido.


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:48 |




14 junho 2005

Convite Musical

Venho por este meio fazer um convite aos membros deste blog ( o Marte não está incluído, depois das barbaridades que ousou proferir há uns tempos atrás...)
No próximo dia 23, pelas 19 horas, na Igreja do Carmo, em Aveiro, o Côro Complementar do Conservatório de Música de Aveiro (do qual eu faço parte, tentando desafinar o naipe dos tenores) irá interpretar, entre outras obras, a Missa Brevis em Ré menor KV65 de W. A. Mozart, acompanhado pela orquestra de cordas do mesmo conservatório. É de salientar que esta obra foi composta aos treze anos (Mozart compôs a sua primeira sinfonia aos 5 ou 6 ... ).
Note-se que o concerto irá ser repetido no dia 26, ao meio-dia, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, num concerto patrocinado pela ... McDonald's ... ;-P
Se quiserem , também poderão ir a Lisboa, mas é um pouco mais longe... só um pouquinho...

alphace


Verborreado por alphace às 23:06 |




Ice Bubble

Respondendo ao comentário da nossa querida olivia, eu também não gosto destes novos templates. Dêm-me só uns dias para apurar os mais votados dos templates "normais" e voltamos a esses.
Já agora, quando é que voltas, ó fiel assistente? :)

(Ah... este é o candidato de hoje...)


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:24 |




13 junho 2005

Já não faço posts há tanto tempo que nem sei comoisto funciona....

g17a

"Freedom is a road seldom travelled by the multitude!"

Pronto, apeteceu-me dizer isto. É mais um post para a estatística. Aqui está.


Verborreado por el_farmer às 15:08 |




"Adeus" de Eugénio de Andrade

ADEUS

Já gastámos as palavras pela rua, meu amor,
e o que nos ficou não chega
para afastar o frio de quatro paredes.
Gastámos tudo menos o silêncio.
Gastámos os olhos com o sal das lágrimas,
gastámos as mãos à força de as apertarmos,
gastámos o relógio e as pedras das esquinas
em esperas inúteis.

Meto as mãos nas algibeiras e não encontro nada.
Antigamente tínhamos tanto para dar um ao outro;
era como se todas as coisas fossem minhas:
quanto mais te dava mais tinha para te dar.
Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes.
E eu acreditava.
Acreditava,
porque ao teu lado
todas as coisas eram possíveis.

Mas isso era no tempo dos segredos,
era no tempo em que o teu corpo era um aquário,
era no tempo em que os meus olhos
eram realmente peixes verdes.
Hoje são apenas os meus olhos.
É pouco mas é verdade,
uns olhos como todos os outros.

Já gastámos as palavras.
Quando agora digo: meu amor,
já não se passa absolutamente nada.
E no entanto, antes das palavras gastas,
tenho a certeza
de que todas as coisas estremeciam
só de murmurar o teu nome
no silêncio do meu coração.

Não temos já nada para dar.
Dentro de ti
não há nada que me peça água.
O passado é inútil como um trapo.
E já te disse: as palavras estão gastas.

Adeus.


Eugénio de Andrade


Verborreado por Su7 às 14:02 |




Adeus, Camarada Álvaro...


1913-2005


Verborreado por Olivia_palito às 13:33 |




Live Journal

Esta é a versão branca. Também há uma preta... acham que vale a pena experimentar? :)


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:51 |




10 junho 2005

Posta Cinematográfica

Falarei de um filme recente e que me agradou bastante: The Village, do querubim de hollywood, M. Night Shyamalan. Apresenta-nos uma comunidade, aparentemente perfeita, desde que se não transponham as fronteiras delineadas por "eles" (those we do not speek about), onde todos os habitantes parecem ter segredos... A personagem principal, Ivy Walker enternece-nos e simultaneamente revela-nos uma grande força interna, tendo sido uma aposta ganha por parte do realizador, que arriscou bastante ao servir-se de uma actriz desconhecida (Bryce Dallas Howard-filha do aí sim, conhecido realizador, Ron Howard) do grande público, mas não por muito tempo!!!. O seu par no filme é o enigmático Joaquin Pheonix, que a meu ver caminha para se tornar um grande actor (claro, não tão bom como o Edward Norton, não é Senhor do Mundo...??).
É um filme de suspense, ao qual o realizador já nos tem habituado, porém eu achei este mais bem sucedido que o anterior "Sinais". No entanto, há quem ache exactamente o oposto, por isso fico à vossa espera para resolver este impasse...


Verborreado por Olivia_palito às 11:14 |




Lux aeterna luceat eis Domine


antes:




depois:




(fotos do nuno)


Verborreado por electrofracote às 10:55 |




09 junho 2005

V.

"Somehow it was all tied up with a story he'd heard once, about a boy born with a golden screw where his navel should have been. For twenty years he consults doctors and specialists all over the world, trying to get rid of this screw, and having no success. Finally, in Haiti, he runs into a voodoo doctor who gives him a foul-smelling potion. He drinks it, goes to sleep and has a dream. In this dream he finds himself on a street, lit by green lamps. Following the witch-man's instructions, he takes two rights and a left from his point of origin, finds a tree growing by the seventh street light, hung all over with colored balloons. On the fourth limb from the top there is a red balloon; he breaks it and inside is a screwdriver with a yellow plastic handle. With the screwdriver he removes the screw from his stomach, and as soon as this happens he wakes from the dream. It is morning. He looks down toward his navel, the screw is gone. That twenty years' curse is lifted at last. Delirious with joy, he leaps up out of bed, and his ass falls off."

in V., Thomas Pynchon


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:50 |




My Yahoo! Blog

E hoje temos... o nosso próprio Yahoo! :)

Ah! este também não identifica o autor... e além disso não tem a barra que costuma estar sempre por cima do blog. Se quiserem fazer posts têm que ir a www.blogger.com. Podem usar este link...


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:46 |




Estes romanos são doidos!




Verborreado por nuno às 08:35 |




08 junho 2005

Verão cool no g17a

É mesmo verdade que já temos ar condicionado no gabinete?

E para tornar o Verão ainda mais fresco acho que devíamos avançar para a compra (+ uma ideia luminosa do Alex) do frigorífico!

Su7


Verborreado por Su7 às 13:30 |




Kubrick for Blogger

Este é o candidato de hoje... O 2º da nova fornada.
Segundo o fracote, todos estes novos são "muito, mas muito
melhores, do que aqueles que ja vimos".
E vocês, o que é que acham? ;)


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:20 |




07 junho 2005

Ai é assim... então pronto cá vai...

De há algum tempo para cá tenho vindo a reparar numa moda generalizada que é fazer posts com a letra de músicas... então cá vai... "Mão Morta" rula ;)
Agora não me venham dizer que eu nunca faço posts!

ARRASTANDO O SEU CADÁVER
[Adolfo Luxúria Canibal / António Rafael]

É demencial Não há palavras que consigam dizer o horror
Vi um pobre homem agarrado ao que restava da sua mulher
Errando pela baixa
Os olhos fixos num horizonte perdido
Sem uma palavra Sem um som
Arrastando a carcassa desfigurada por entre o trânsito do fim da tarde
Passei sem conseguir dizer nada

Ninguém dizia nada O silêncio
Acompanhava o olhar vazio A dor

A vaguear por entre as ruínas e o trânsito do fim da tarde
As pessoas apressavam-se por causa do cair da noite
E o pobre homem seguia um destino sem rumo
Arrastando o seu cadáver
E o pobre homem
Seguia um destino sem rumo
Arrastando o seu cadáver

Ninguém dizia nada O silêncio
Acompanhava o olhar vazio A dor



Jmoreira


Verborreado por jmoreira às 16:07 |




Assinem os posts...

Como este template é um bocado disfuncional, peço-vos que assinem os posts que fizerem hoje...
Gracias.

Alex


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:48 |




Taça da Europa de Atletismo

Aos interessados, informa-se que a taça da Europa de Atletismo se vai realizar no Estádio Municipal de Leiria a 18 e 19 de Junho.


Verborreado por Su7 às 10:43 |




Tratado da Constituição Europeia

Vamos lá tratar de usar o blog para discutir qualquer coisa realmente importante...
Alguém viu o debate de ontem à noite na RTP1 sobre o tratado?
E, mesmo que não tenham visto, qual a vossa opinião sobre o tratado? E sobre o facto de fazermos o referendo ao mesmo tempo que as eleições autarquicas?

Devo confessar que até ontem ainda não tinha nenhuma ideia formada sobre o assunto. Foi o primeiro debate sério que vi, e devo confessar que a minha tendência nesta altura é votar NÃO, apesar de não ser uma decisão definitiva...

Alex


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:34 |




Voltamos à dança dos templates: My Google Blog

O fracote encontrou um site com mais uma data de templates para blogs...
Isto quer dizer que vamos ter mais uma série de candidatos. A começar por este...

O que é que acham?


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:30 |




E agora?

E agora, caros colegas bloggianos? É esta a pergunta que vos faço...
Acabámos o ciclo dos templates... Esgotámos os candidatos...
A minha sugestão é que, até se apurarem os 10 finalistas, nos fiquemos com este.
Parece-me um template bastante agradável, e não teve comentários desfavoráveis.


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:04 |




Ave Caesar! Morituri te salutem!





Verborreado por nuno às 08:06 |




06 junho 2005

Comer ou n comer... eis a questão

Qd estou em Leiria vou muitas vezes ao jardim na esperança de que a Natureza me inspire. Não é que isso alguma vez tenha funcionado mas eu continuo a fazê-lo... O problema é que estou spr a ser interrompido pelas coisas mais banais, cm aconteceu este fds...
Como faço sempre, saí de casa e fui ver de um ninho de pássaros que desde há algum tempo vem despertando a minha atenção. Vi que tudo continuava na mesma, o que parece indicar que os antigos locatários abandonaram definitivamente as instalações. Conformado, desviei a minha atenção para uma joaninha muito estranha que acabava de pousar no muro. Era estranha pq as asas n eram vermelhas mas antes cor de salmão. Tentei fazer uso dos meus poderes telepáticos para lhe incutir medo e precipitar a sua partida; o que de facto aconteceu... Depois disso fiquei uns bons minutos a olhar para os morangueiros para ver se vislumbrava a próxima vítima da minha gula... um morango bem jeitoso... Colhi o dito morango e enquanto decidia se o havia de lavar, sucedeu-se o inesperado. Um casal de moscas veio pousar na minha T-shirt. Estavam tão sexualmente envolvidos que n se pareciam importar com a minha presença. Não sei se terá sido um impulso de "voyeur" mas durante alguns instantes fiquei ali imóvel a decidir se deixava, ou não, o "mosco" acabar o serviço... Dizem que os morangos, sobretudo com chantili, se prestam a certos rituais sexuais. Naquele momento n quiz saber disso, agitei a minha T-shirt e julgo ter ouvido o casal precipitar-se contra o chão... Depois dessa constatação o morango já n me soube tão bem... Felizmente rapidamente outra coisa chamou a minha atenção, vcs já repararam cm as formigas são precipitadas?


Verborreado por Senhor_do_Mundo às 21:08 |




Nick Cave and the Bad Seeds

Messiah Ward

I hope you're sitting comfortably
I saved you the best seat in the house
Right up in the front row
The stars have been torn down
The moon is locked away
And the land is banked in frozen snow

You are a forte of nature, dear
Your breath curls from your lips
As the trees bend down their branches
And touch you with their fingertips
They're bringing out the dead now
It's easy just to look away
They are bringing out the dead now
It's been a strange, strange day

We could navigate out position by the stars
But they've taken out the stars
The stars have all gone
I'm glad you've come along
We could comprehend our
condition by the moon
But they've ordered the the moon not to shine
Still, I 'm glad you've come along
I was worried out of my mind
Cause, they keep bringing out the dead
It's easy just to look away
They're bringing out the dead, now
And it's been a long, strange day

You can move up a little closer
I will throw a blanket over
We can weigh all the tears in one hand
Against the laughter in the other
We could be hanging around here for centuries
Trying to make sense of this, my dear
While the planets try to get organised
Way above the stratosphere
But they keep bringing out the dead, now
It's easy if we just walk away
They keep bringing out the dead, now
It's been a long, long day

Look away
Look away


Verborreado por Olivia_palito às 14:22 |




Sand Dollar

E assim chegamos ao fim da nossa aventura templatiana... Este é o último candidato.
Chegou a altura de rever os comentários e escolher os dez finalistas para a selecção final. E logo agora o meu assistente pessoal decidiu tirar férias e ir para Roma! :)


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:55 |




03 junho 2005

Roma, aqui vamos nós!



Verborreado por nuno às 20:47 |




Herbert

Este é o penúltimo candidato. E vai acompanhar-nos durante o fim de semana... Será que isso é bom? :)


Verborreado por Alexandre Lindote às 14:33 |




Posta cinematográfica

Três épocas diferentes, três mulheres diferentes, três histórias diferentes, com algo que as relaciona e afecta directamente: o livro Mrs Dalloway de Virginia Wolf. É esta a premissa de "As Horas", baseado no livro de Michael Cunningham, realizado por Stephen Daldry. A primeira personagem é a própria Virginia Wolf (uma Nicole Kidman irreconhecível), a começar a desenvolver o seu livro, seguido sem quebras pela personagem da actualidade de Clarissa (Meryl Streep), passando ainda por Laura (Julianne Moore). Nada confuso, ao contrário do que parece, a narrativa não tem falhas, a ideia é inteligentíssima e a música é doutro mundo! É dos meus filmes preferidos, junta beleza com diálogos fascinantes, personagens humanas a tentar viver uma existência menos má do que aquela que o seu tempo obriga.
Está-me a ser deveras difícil escrever sobre este filme, tenho medo de o estragar ou de passar a ideia errada, aconselho toda a gente a ver, e meninos, não pensem que este é um "filme de gajas", para provar o contrário, estão o escritor e o realizador! Não tenho o DVD, faz parte da colecção preservadíssima e fechada a cadeado da minha mãe, não me atreveria a tirá-lo de lá, pelo que terão ou de alugar, ou de usar métodos menos lícitos mas compreensíveis, tendo em conta o preço dos filmes ultimamente!!

Always the time between us, always the hours


Verborreado por Olivia_palito às 12:22 |




02 junho 2005

Late Morning Blogs 1

I'm careful not to fall
I have to climb your wall
'Cause you're the one
Who makes me feel much taller than you are
I'm just a peeping tom
On my own for far too long
Problems with the booze
Nothing left to lose

I'm weightless... I'm bare
I'm faithless... I'm scared

The face that fills the hole
That stole my broken soul
The one that makes me seem to feel much taller than you are
I'm just a peeping tom
On my own for far too long
Troubles with the gear
Nothing left to fear

I'm weightless... I'm bare
I'm faithless... I'm scared
I'm weightless... I'm bare
I'm faithless... I'm scared

With every bet I lost
And every trick I tossed
You're still the one who makes me feel much taller than you are
I'm just a peeping tom
On my own for far too long
Problems with the booze
Nothing left to lose

I'm weightless... I'm bare
I'm faithless... I'm scared
I'm weightless... I'm bare
I'm faithless... I'm scared
I'm weightless... I'm bare
I'm faithless... I'm scared
I'm scared
I'm scared
I'm scared
I'm scared

PLACEBO - Peeping Tom


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:00 |




Split Pea

Aqui está o candidato de hoje...
Já só faltam 2 para acabarmos o ciclo dos templates... :)


Verborreado por Alexandre Lindote às 10:35 |




01 junho 2005

Simple II

Estamos na recta final! Na próxima semana terminaremos o ciclo pelos templates...
Acham que este pode ser um dos 10 finalistas?


Verborreado por Alexandre Lindote às 11:02 |




Dia Mundial da Criança

Meninos, hoje é o Dia Mundial da Criança!! Sim, o dia de todos nós, o dia em que podemos pedir balões aos senhores simpáticos dos supermercados, o dia em que os nossos Professores vão connosco a lugares bonitos e cheios de coisas engraçadas, e principalmente o dia em que os nossos pais nos dão mais beijinhos e que as nossas avós dizem e repetem "mas todos os dias é dia da Criança!!". É também o dia em que a televisão mostra mais desenhos animados e até nas notícias, que são normalmente aborrecidas, falam de nós!! Em boa verdade, para muitos meninos, hoje é um dia como todos os outros, em que os grandes continuam a ser maus com eles, em que os professores não existem, em que têm de suplicar algo para comer, em que vêem os pais sofrer, em que cedo demais aprendem o significado das palavras "guerra", "fome", "morte" e "doença". Penso que é para esses meninos que existe o dia de hoje... e penso também que o dia de hoje vai ser só... o dia de hoje, como o ontem foi o dia de hoje...!

Mudando de registo, hoje no Público vem a longa-metragem de animação "Belleville Rendez-Vous", uma obra belíssima de uma sensibilidade atroz, com um toque de comédia e ironia. Depois empresto ao pessoal... :) Não digo para comprarem porque não recebo comissão para isso!!


Verborreado por Olivia_palito às 10:24 |




EARLY MORNING BLOGS 5

Come on Balthazar
I refuse to let you die
Come on fallen star
I refuse to let you die

That's wrong
I've been waiting far too long
That's wrong
I've been waiting far too long

For you to be... mine

And it's wrong
I've been waiting far too long
That's wrong
I've been waiting far too long
For you to be...

All the centrefolds that you can't afford
Have long since waved their last goodbyes
All the centrefolds that you can't afford
You've long since faded from their eyes
So be... be mine

Centrefolds - Placebo

Bom dia!


Verborreado por electrofracote às 07:23 |




^



 © g17a 2005 - Adaptado de Blogger Templates for Blogger